Governo desinvestiu no SNS para apoiar privados

Desde 2011 registou-se um desinvestimento progressivo nos serviços públicos de Saúde, ao mesmo tempo que se apoia cada vez mais o crescimento dos setores privado e social, denunciou ontem a Federação Nacional dos Médicos, numa conferência de imprensa onde fez num balanço de quatro anos de negociações com governo.

A diversidade dos títulos dos órgãos de comunicação que fizeram a cobertura da conferência de imprensa constituem um verdadeiro libelo acusatório contra o governo na área da Saúde. Alguns exemplos, entre dezenas de títulos:

  • FNAM acusa ministro da Saúde de ter desinvestido no SNS
    RTP Informação - Notícias | 12-08-2015
  • Médicos fazem balanço: mais novos emigram como nunca, mais velhos abandonam o SNS para trabalharem no privado
    Expresso Online | 12-08-2015
  • ADSE está a ser usada para viabilizar negócio de grupos privados, diz FNAM
    Diário Digital Online | 12-08-2015
  • FNAM acusa Governo de falhar objectivo de dar um médico de família a cada português
    Porto Canal | 13-08-2015 11:03
  • Médicos fogem para o privado e estrangeiro
    Jornal de Notícias Online | 13-08-2015
  • Mais de 3000 médicos saíram do Serviço Nacional de Saúde desde 2011
    Público | 13-08-2015
© 2018 FNAM - Federação Nacional dos Médicos